"Buscai-vos"

10:59 Felipe Betim 1 Comentários


Tudo existe por um devido propósito. Somos todos unificações do Alto, e nossa vida gira em torno de coisas que muitas vezes não podemos explicar, mas que naturalmente ocorrem, e sempre nos trazem a mudança.

A mudança é bendita. Ela nos transmuta. Nos faz observar mais a nós mesmos, assim como éramos no momento da criação.

Não se esconda do mundo, nem tema o erro, mas mude sempre para poder amar. Não esqueças de quem éres, e se desencontrar-te, buscai a ti mesmo na luz e na sombra, pois nosso espírito é livre. Acertando ou errando somos humanos e espíritos, então apenas buscai; independente do caminho que escolherdes.

Da paz e da luz vos dedico esta mensagem, e que no caminho da vida possais sempre sentir o que se encontra em uma simples busca interior.

Que assim seja!

P.s.: Recebi mediunicamente este texto no Templo de Deus em visita ao Solo Sagrado de Guarapiranga. Paz e luz à todos!

1 comentários:

"A Origem É O Amor"

17:44 Felipe Betim 1 Comentários


A vida é realmente cheia de surpresas! Todos os dias são novas experiências que nos fazem sempre aprender algo novo; melhorar em algum aspecto ou simplesmente fazer novas amizades, trazendo o amor de dentro espelhado por fora no rosto de nossos semelhantes.

É interessante fazermos uma observação, onde podemos facilmente nos ver - interiormente - estampados no rosto das pessoas que amamos. Faça esse teste e compare por si próprio se isto é mesmo verdade.

Escolha da vida o amor. Sempre, pois o amor é o sentimento primário que deu origem a tantos outros, mas que ainda vive em nós. Somos todos representações do mais puro amor.

Cuide de você mesmo! Saiba entender-se para que possa ser uma pessoa de bem com a vida, feliz, carinhosa e amorosa. Equilibre-se para que viva plenamente com tudo. Seja o próprio amor.

Fiquem com a paz profunda e a luz que há no coração do Altíssimo.

Que assim seja!

1 comentários:

"Ao Homem De Hoje E Sempre"

17:44 Felipe Betim 1 Comentários


Enquanto sopra estrepita e abruptamente o vento;
Enquanto corre calmo e naturalmente o mar esta noite;
Enquanto soa alta e sonoramente os sinos da capela;
Enquanto eu, neste estado de transe absorvo lenta e puramente os sentidos do mundo;
Enquanto torno minha mente uma com tudo;
Enquanto transformo-me de humano a espírito;
Enquanto vejo tudo o que a escuridão esconde;
Enquanto escrevo, sou homem, mas enquanto sinto as palavras, sou Deus.

Sou tudo aquilo que está ainda além da compreensão científica e material.
Sou a existência de toda célula; sou a origem dos pecados e das soluções.
Sou a própria eternidade.
Dentro de mim há um templo, e dentro deste templo tudo há!
Enquanto houver tinta em minha pena, haverá poema,
Mas se um dia a tinta terminar, terei total convicção de que dentro de mim ainda existirão os sentimentos capazes de transformar qualquer papel em vida, apenas com minhas idéias e vontades.

Eu sou tudo; eu sou o hoje e o amanhã; eu sou a maré; eu sou a tinta e o papel.
Eu sou o poeta de outrora e a flor do mais lindo jardim,
Pois sou filho do eterno.
Minhas palavras são um reino inteiro, e meu povo vive em mim.

Diga aos céus que cada estrela se difere da outra,
Mas que todas são iguais.
Diga às constelações que continuem a guiar os caminhantes,
Mas que todas elas brilham igualmente.
Diga à rocha mais dura, que ela pode se partir;
Diga ao homem que a estrada do coração não tem fim;
Diga ao meu amor que eu sempre estarei aqui,
E que sempre a procurarei no sono e no despertar.
Eu sou a própria vida; eu sou a aurora.
Eu sou você!


1 comentários:

Somos O Que Pensamos Ser

17:43 Felipe Betim 1 Comentários


Como as estrelas que iluminam o céu e como as montanhas que nos protegem do frio, são os bons pensamentos. E se conosco sempre estiverem, não há mal que possa nos atingir.

Somos movidos por eles – os pensamentos -. Tudo em nossa vida resulta da forma como vemos as coisas, e sempre que os deixamos livres (mas com uma liberdade consciente), veremos que nosso redor tenderá sempre a mudar.

Em uma escala de 0 à 100%, pelo menos 90% são pensamentos ligados às coisas do cotidiano, entre elas as preocupações, problemas, sentimentos mais baixos, entre outros, sendo que apenas 10% são pensamentos elevados, felizes, harmoniosos e despreocupados.

Como, meus irmãos, lhes pergunto, podeis deixar que 90% de seus pensamentos diários, sejam de tão baixa vibração? Como ainda podem ter a audácia de reclamar da vida ou de Deus por nada dar certo, se como vos lhes escrevi no início, sois aquilo que pensam?

Meus amigos e irmãos de senda, equilibrem seus pensamentos, pelo menos! Não deixem que as baixas energias lhes tomem a mente. Somos todos da luz e nossos pensamentos também! Encontre o equilíbrio e com certeza verá que muitas coisas irão mudar, inclusive suas excessivas reclamações.

Veja a si mesmo antes de criticar a vida ou Deus, que tudo nos dão, o tempo todo.

Fiquem na luz divina e sigam em paz.

De seus amigos e guias.

1 comentários:

Carta De Um Amigo

19:32 Felipe Betim 3 Comentários


Independente de sua crença ou religião, tire deste texto aquilo que nas entrelinhas ele passa. Tire o amor que nele contém e entenda sua verdadeira essência.

Sob as pétalas da flor de lótus debrucei-me. Nos lindos campos floridos e iluminados pelo por do sol da manhã pairei os pensamentos, que já não corriam mais em várias direções..

Amigos, venho até aqui para lhes contar minha breve história. Não julguem-me por meus atos passados, e sim por meus presentes.

Sou hoje um espírito mais esclarecido, mas um dia vivi nas mágoas, vivi preso na raiva, não respeitava minha família nem mesmo meus amigos, que na verdade nunca foram amigos.

É, irmãos. Eu era um problema! Vivia enfiado nas drogas e no álcool, tentando curar minhas feridas internas, mas elas nunca se fechavam, apesar de eu viver tentando fazê-las desaparecer, pelo menos enquanto as químicas destruíam meu corpo por dentro..

Vivi dia após dia mendigando um amor que jamais conhecera, vivendo atrás de gente que assim como eu, não conhecia o dom do “amar”. Vivia atravessando os becos escuros durante a noite, atrás de mais químicas, ou qualquer outra coisa que me desse prazer e satisfação.

Era alguém pobre de fé. Jamais havia pisado em uma igreja ou em um centro espírita. Era um renegado, negando a mim mesmo o tempo todo.

Depois de alguns anos nessa vida - considerada por mim - injusta, presenciei o falecimento de minha mãe, provavelmente por estar cansada demais de me ver naquele estado horrível, onde minhas feições se transformavam para pior com o passar dos meses.

Após este episódio, vivi dores insuportáveis, tanto pelo fato das drogas pesadas corroerem-me por dentro, quanto pela morte sem sentido da única pessoa que eu ainda conseguia dar um “bom dia”.

Amigos. Depois disso tudo começou a piorar. Meu pai já não tinha a mesma paciência e começou a me ameaçar. Principalmente quando bebia, e foi aí que vi a gota d’água. Passei a viver ainda mais nas ruas durante as noites. Já nem estudava mais. Escola era apenas um lugar que freqüentava de vez em quando.

Estava eu, corrompendo-me cada vez mais, até que não vi mais sentido em nada, e faleci na mente, no corpo e no espírito.

Tudo era escuro. Tudo era dor e sofrimento. Minha vida não significava mais nada e naquele momento, pela primeira vez senti medo. Senti a falta de minha amada mãe. Senti a falta das pessoas que tentavam me ajudar todos os dias e eu simplesmente não as ouvia. Senti falta de algo que naquele momento eu não pude explicar..

Sabe, a vida às vezes se transforma em coisas terríveis quando a gente para de ver sentido nela, e quando não o vemos, tudo se torna escuro.

Passados pelo menos uns 2 ou 3 anos terrestres naquela situação, chamei minha mãe, mas chamei-a tão intensamente, com tanta fé que ela fosse mesmo aparecer, com um resquício de amor que nem sabia que podia existir dentro do meu peito, e, irmãos, ela veio!

Pela primeira vez em muito tempo senti-me feliz e preenchido, como se tudo o que me faltasse fosse a luz que dela emanava naquele momento.

Fui resgatado e levado para um outro plano astralino. Vi-me num hospital cor de rosa, cheio de outros enfermos com problemas talvez até piores que os meus, e lá, naquele plano novo de existência fui me adaptando. Aprendi muitas coisas sobre o espírito que havia esquecido, e até resgatei um pouco de minha abandonada fé. Mas a lição mais dura que tive de aprender, talvez a mais cruel e a que desceu rasgando por dentro, foi a lição de que ninguém é absolutamente nada sozinho.

Somos espíritos ligados uns nos outros por laços familiares, por necessidade de aprendizado e sintonia. Tive de aprender a duras penas a entender minha família e seus defeitos. Infelizmente naquela vida não compreendi a essência da mesma, mas hoje entendo de corpo e alma tudo aquilo que senti na luz que vi sair de minha mãe.
Em breve regressarei ao mundo da carne para que possa viver uma nova experiência e “pagar” alguns dos muitos carmas deixados por mim em vida.

Espero que com minha história vocês não precisem sofrer o tanto que sofri para entender que família é uma das coisas mais importantes na vida, e que não importa o quanto tente, sua felicidade depende de outros também.

Agradeço por lerem minha mensagem. Sou muito grato a Deus por me possibilitar esta bendita oportunidade de compartilhar esta história com vocês.

Espero que na aurora celeste nos encontremos todos, felizes e de bem com a vida! Meus profundos votos de paz à vocês. Um abraço de luz e até breve!

3 comentários:

"Somos Os Semelhantes"

17:50 Felipe Betim 1 Comentários


As almas não se completam apenas por afinidade, mas por elevação mental e espiritual. Existe uma lei, tão antiga quanto nós mesmos, que consiste nesta mesma opinião. É a lei do “semelhante atrai semelhante”.

Nenhum ser aparece em nossa vida por acaso. Tudo vem até nós, sejam as pessoas ou as situações, por uma devida razão. Então, se você reclama de seu parceiro ou parceira, filho ou filha, pai ou mãe, olhe para si mesmo, observe seus próprios defeitos e qualidades, e com certeza verá que muitos são semelhantes aos das pessoas que você critica ou qualifica.

A vida é sábia. Não existe nada que não tenha sido muito pensado antes de nosso nascimento para simplesmente “acontecer” no plano da matéria.

Viva a vida como ela deve ser vivida. Pense em todas as situações que o rodeiam para que compreenda cada vez mais quem é, justamente por conhecer o outro, que não é nada mais que nós mesmos refletidos.

Pense nisso e muitas coisas passarão a fazer sentido em sua vida..

Fique na luz e na paz profunda!


1 comentários: