A Mãe Natureza Em Nós

15:21 Felipe Betim 0 Comentários




Como um raio que desceu do céu, tocando a tonitruante trombeta da vida, que escapava  entre os dedos da natureza e inundava a noite da alma com a luz que não vinha de nada, senão do próprio céu.

Como o doce alívio das águas que acabam e recomeçam no final da costa do coração, são as finas camadas do vento que cortam a escuridão mental de cada ser humano, trazendo a derradeira vitória ou mantendo o exaurido fracasso da sociedade estampado dentro de si mesmo se a fraqueza persistir..

Ah, como o homem seria se dentro de si, entendesse que há um oceano e que este oceano carrega ondas grandes e agressivas que combatem o mal que criamos e que vem sem avisar, empurradas pelo vento, mas que ao beijar a areia, voltam a ser só água.. da mais pura e límpida.

A vida é a própria natureza manifestada dentro de nós e tudo é escutar, tudo é enxergar, tudo é sábio quando paramos de tentar controlar a vida com nossas mãos.

Deixe que as respostas que vivem dentro de você sejam manifestadas literalmente em formas de respostas! Cuide menos do que a vida já faz, que é movê-lo na jornada, pois ela só faz quando você para de cuidar dos seus problemas e crises.. e como a natureza, escolha brilhar na noite do coração, seja  a própria onda a cruzar o mar do ego, seja a abundância divina inundando a alma com a riqueza celeste, seja você, aquele que sempre carrega tudo isso.

Você pode gostar também

0 comentários: