Não Há Título Para O Amor

20:29 Felipe Betim 0 Comentários




A lágrima caindo,
Coração batendo forte,
A alegria vai subindo, subindo..
A paixão encontra lugar,
Paixão sem destino, sem pousar,
Mas alçando voo junto com a música do coração.

No silêncio da meia noite encontrei
A ternura celeste em meio às palavras.
Palavras de afeto que brotavam de algo maior do que eu.
E a lágrima ia caindo.. Ah, como expressar tamanho contentamento,
Se em meu peito, mal cabia o amor que exultava?

Os mistérios da vida são mesmo mistérios,
Pois só eu sei o que estou sentindo agora,
E ao mesmo tempo não sei!
Como explicar o coração com palavras,
Se ele me tira todas elas?!

Na calada noturna as lágrimas corriam,
E o sorriso denunciava minha alegria em chorar!
Sem vergonha e sem relutar,
Pois o que há de mais sagrado no mundo dos homens,
Senão aquilo que vem de dentro, em espírito e verdade?

O solo de guitarra vibrou também nas cordas do meu coração.
E ele palpita de alegria, junto com as lágrimas de amor.
E o espírito me contou: “Tudo o que te torna forte, é o amor. Portanto, viva por ele”.
Agora entendo, que não há dor, não há solidão,
Não há amargura nem falta de paixão.
O que falta é a própria falta!

Deus nos deu tudo, e tudo temos em nós também.
Mas tudo isso se resume em amor..
E só ele te torna forte..

Desejo que ore com seu coração agora, e diga pra ele que quer senti-lo mais de perto. Diga que quer que ambos sejam um só, vibrando amor e paz para você e o mundo. Diga a ele que escute a música que soa também no zimbório celeste, no coração do Todo, e que ao escutá-la, cai em lágrimas, pois a música é linda!

Diga ao seu coração que o ama, e assim também fará Deus, pois ele também vive dentro de você!

Não existe dor nas estações da vida se você assim acreditar. Então toque as cordas da eternidade e caminhe com a luz.

Paz.

Você pode gostar também

0 comentários: