Não Se Entregue

04:42 Felipe Betim 1 Comentários




Não se entregue! Às vezes, parece que o corpo fica pesado. O coração parece estar cheio de angústia e melancolia. Parece até que estamos sozinhos e fora de nós mesmos. Mas não se entregue!

Somos um corpo material, pois no presente momento, é o que podemos sentir mais forte e tangível. Mas além disso, somos espírito. E a matéria espiritual é bem mais sutil que o corpo físico - apesar de ambas serem feitas de uma mesma química: amor. A diferença, é que precisamos hoje de um corpo denso para agir no plano terreno, pois temos lições aqui, que não podem ser aprendidas no plano do espírito liberto. Lá, onde os pássaros também cantam, os dançarinos também dançam e os pianistas também tocam, mas sem corpos densos. Manifestam-se apenas com o espírito, a matéria da luz.

Então, meu amigo, não se entregue, pois não há o que temer! Tudo é lição. Tudo é aprendizado e tudo faz parte de um plano preestabelecido muito antes de você pensar que é gente!

Sei que muitas dessas lições são árduas e exigem muito de nós, até muitas vezes nos vermos em situações enfadonhas e horríveis. Mas acredite, sempre existe uma solução para tudo. Não há um oceano que possa acolher a vida marinha sem a água. Não há vida se não tiver oxigênio, não há prece sem fé! Então acredite em si sempre, acredite em sua capacidade de vencer o mal que você mesmo teima em colocar dentro do seu coração e saiba que além de bombear sangue para o corpo, ele também fala! Ele canta e recita poesias magníficas para você, o tempo todo!

Não sei se a prova que está passando começou hoje, ontem, ou irá se manifestar amanhã. Mas sei que você tem capacidade para solucioná-la a qualquer momento. Basta querer, acreditar e jamais deixar que a escuridão seja maior que o brilho do seu olhar.

Não se entregue!

P.s.: Inspirado por uma luz que só fala ao coração escrevi este texto. Inspirado por um forte declínio espiritual que me fez enxergar novamente o brilho que há em todas as coisas, pois a luz precisa da escuridão para se manifestar. E hoje despertei no escuro, mas como uma flor de lótus, busquei a luz, e me vieram de presente estas lindas palavras. E tenho certeza que elas não tocaram apenas meu coração, mas ainda hão de viajar por entre o tempo e o espaço, levando esta luz ao coração de quem precisar recebê-las.

Meu muito obrigado!

Você pode gostar também

Um comentário: