Desperte seus Potenciais

14:32 Felipe Betim 2 Comentários


Estar preparado para experienciar as verdadeiras potencialidades do Espírito não é pra qualquer um, pois experienciar isso é livrar-se do ego, esquecer do orgulho e perdoar as pessoas por quem ainda possa guardar algum tipo de ressentimento.

Nosso espírito se manifesta quando estamos livres de nós mesmos. O “nós” criado pro mundo, que se iguala às outras pessoas, que se esquece o tempo todo do amor verdadeiro e que cai nas artimanhas daninhas dos outros e de si mesmo, como a vaidade e falta de autenticidade.

É impossível que nossos verdadeiros dons sejam manifestados sem que antes não tenhamos visto dentro de nós mesmos que as circunstâncias que tanto nos limitam são tão terrenas, presas demais a matéria e as pessoas que nos cercam. Na realidade somos fonte de luz eterna, somos criações divinas e podemos fazer tudo aquilo que acreditarmos, mas nada disso virá para o nosso bem sem que antes não comecemos a nos libertar do “velho eu”.

Nós temos dons que nem imaginamos, e podemos com eles revolucionar nosso ambiente de trabalho, o convívio com as pessoas ao nosso redor, nossa sociedade e até o mundo. Cada um de nós é portador de uma grande obra, mas esta obra precisa sempre que antes a façamos dentro de nós mesmos, ou você acha que um prédio não precisa de bons alicerces escondidos pelo concreto para se manter no alto? Assim somos nós também, precisamos de fortes bases que nos mantenham no alto, o alto da consciência, que se transforma com sabedoria, amor e a paz interior.

Quando formos capazes de realizar esta revolução interna, seremos então capazes de colocar todos os nossos potenciais, ainda dormentes dentro de nós, para fora.

Foi isso o que grandes personalidades que marcaram a história fizeram. Todos eles tiveram que lutar contra seus piores temores para que pudessem conhecer a si mesmos, e então revolucionarem as coisas do mundo.

Pense nisso, pois não há nada que o torna diferente destas pessoas aos olhos de Deus. Todos têm por dentro os dons do Espírito para transformarem a si mesmos e o mundo, e isso não é nenhuma utopia, senão jamais teríamos grandes obras aqui na Terra. Revolucione-se conhecendo-se a si mesmo e então observe tudo se transformar ao teu redor.

Que muita luz toque o teu peito, para que o amor desperte e assim enxergue as potencialidades reais que carrega consigo.


2 comentários:

Depoimento De Quem Encontrou A Luz

10:38 Felipe Betim 4 Comentários


Olá, meu nome é Miguel! Já não sou mais um espírito com um corpo tão sólido como o de vocês, mas continuo vivíssimo aqui do outro lado. Na verdade, a razão pela qual estou aqui é porque ouvi que haviam muitos encarnados aí na Terra recebendo mensagens dos “mortos” como eu. E resolvi aparecer por aqui, que foi onde mais me identifiquei energeticamente.

Minha história é curta, mas espero que mesmo com pouco conto, não se deixem levar pelos caminhos que trilhei.

Tudo começou quando vi o mar! A paixão foi à primeira vista. E quando entrei, não quis mais sair. Tempos depois inventei de comprar uma prancha, e, cara! Me esbaldei em ondas e mais ondas, sentindo cada milímetro da adrenalina percorrendo meu corpo.. E assim foi, cada vez mais apaixonado pelo mar, pelo surf e pela vida liberal que levava com os amigos da época.

Aos poucos fui me afastando do chão, da família, dos verdadeiros amigos e acabei encontrando outros novos, que me satisfaziam imensamente mais: as drogas! Era quase que moda entre nós surfistas, ficarmos “legalzões”, na boa, pra curtir a vibe que as brisas do mar nos traziam. Mas foi aí que me perdi, sem nem mesmo ver por onde deixei minha sanidade.

Comecei com drogas mais fracas, e fui só aumentando a carga, até tomar remédios analgésicos pesados, depois outras drogas que acabaram comigo e foram corroendo o que ainda restava de mim aos poucos.

E assim assinei meu atestado de óbito. Morri numa baita overdose, na areia da praia, em frente ao meu mar, com gente tão louca de droga ao meu lado que simplesmente ninguém conseguia me ajudar.

Fiquei órfão.. mas não de pais, pois eu simplesmente já não os tinha mais. Fiquei órfão de mim, da minha essência, daquele cara que todo mundo gostava e que não fazia mal a ninguém, e que por fim se matou sozinho.

Quando passei pro outro lado, sentia dores horríveis no estômago, como se tratores passassem o tempo todo por cima de mim. Vi-me num lugar escuro, fedorento e horrível. Vi pessoas nas mesmas condições que eu e até piores (se é que dava pra imaginar coisa pior). Vi pela primeira vez o que algumas pessoas chamavam de “inferno”, outras de “purgatório”. E era real. Eu sentia tudo.. e por mais lúdico que fosse, era tudo real.

Fiquei assim durante algum tempo, e nem sei ao certo quanto, pois pra mim foi uma eternidade. E já não me restava mais nada, nem ninguém. Só eu mesmo.. e foi aí que eu chorei. Mas não mais de dor, pois as lágrimas de dor já haviam secado há bastante tempo. Chorei o choro do perdão: do perdão a mim mesmo. Me desculpei naquela hora, porque entendi que a dor só ia passar se eu parasse de me lamentar, e então vi algo que me chamou a atenção: vi uma mulher lindíssima e cheia de luz, me contagiando com um amor tão forte que até as dores eu já não sentia mais. E ela me chamou pelo nome: - Miguel! O que acha de sairmos daqui agora?

Eu nem pensei para aceitar. Apaguei completamente e só acordei muito tempo depois (de acordo com os médicos) no que a galera daqui chama de “Centro de Reabilitação” (tipo um hospital da Terra, só que bem mais bonito e organizado). E foi lá que eu compreendi tudo. Que vi no que tinha me tornado, e como eu desperdicei uma encarnação inteira à toa..

Sabe, era pra eu ter sido biólogo marinho e ter ajudado muitos animais que estão em extinção aí no planetinha azul. Mas fraquejei e perdi o rumo.

O que eu quero que entenda é que por mais que as coisas do mundo te ceguem, a visão do teu espírito jamais para de olhar tudo, e sempre te avisa quando você “sai” do caminho. Então não faça como eu, e a escute sempre, pois ela sem dúvida está aí, basta senti-la te mostrando tudo aquilo que é melhor pra você.

Logo eu vou ganhar um corpo novo, e dessa vez eu não vou errar assim. Vou continuar a amar o mar, mas agora com os olhos do meu espírito abertos.

Muito obrigado e muita luz no seu coração!

Miguel

P.s.: Texto recebido mediunicamente enquanto estava numa viajem de trem pra faculdade. O espírito não me passou maiores informações de quando desencarnou, apenas disse seu nome, relatou sua história e me passou seu retrato no desenho acima.

4 comentários:

Você Se Aceita?

17:32 Felipe Betim 0 Comentários


Muitos podem achar que sim, que se amam incondicionalmente e que não vivem sem si mesmos, mas será que isso é verdade? Será que você se aceita mesmo?

Se isso é fato, então provavelmente você não se importa nem um pouquinho com as críticas (às vezes até duras) das outras pessoas, seja o gênero que for. Se for verdade que você se ama tanto assim, você não é tão vaidoso a ponto de se importar com o que os outros vão pensar de você se não for educado ou não se vestir direitinho, sem parecer muito obsceno, fora da moda ou do ‘padrão’.

Você não precisa falar para ninguém, mas por dentro sabe que tudo isso é verdade, e que o amor por si próprio que tanto esbanja é na verdade sua maior máscara. Você não se aceita, tem medo do que é ou do que pode fazer, tem medo das pessoas te julgarem pelo que faz, tem medo de ser você mesmo. Tem medo de se iludir com as pessoas que ama, tem medo de perder..

Claro que não é nada fácil ouvir tudo isso e aceitar de primeira. Todas estas constatações foram sendo enterradas dentro de nós no decorrer de nossa vida, pois são partes nossas que sempre negamos, todas ocasionadas por traumas passados, sejam com relação a nossos pais, amigos, irmãos, patrões, funcionários etc.

Com este texto, quero lhe propor uma reforma interna. Quero que lhe veja como é realmente, sem ter medo das máscaras caírem. Quero que olhe pra si e entenda que não é tão forte assim, e que também chora escondido por não estar tão feliz com quem se tornou hoje ou por não ter tantas pessoas ao teu redor. Quero que se olhe no espelho e aceite seus defeitos, assim como também quero que aceite suas qualidades. Entenda que é impossível ser bem-sucedido em todos os aspectos da sua vida sem estar bem consigo mesmo. E por mais que você tenha muito dinheiro ou tenha muito sucesso na parte afetiva, em alguma área de sua vida algo estará errado (seja em casa, no trabalho etc.), e isso só mostra o quanto você não está aceitando algo dentro de si mesmo.

Pare de se esconder por trás de sua máscara. Aceite-se de verdade, sem ego, sem máscaras e solte todo o seu potencial. Solte o Deus que você tem por dentro.

Poucas pessoas sabem disso, mas as que sabem, transformaram o mundo, pois ao aceitarem-se plenamente, colocaram para fora todos seus aspectos - positivos e negativos -, e com isso dominam a si próprias, mudando tudo ao seu redor e finalmente trazendo a paz, o sucesso da alma, o amor e a verdadeira felicidade.

Aceite-se. Mostre ao mundo e em primeiro lugar a você mesmo quem é, e aí sim saberá quais são seus verdadeiros potenciais.

Fique com a paz e a Luz que ama sem nome.

0 comentários:

Quem É Da Luz Compreende

14:42 Felipe Betim 0 Comentários


Quem vê só cara, não vê a verdadeira expressão de Deus.

Quem só vê dinheiro, se esqueceu de dar valor às coisas mais simples da vida..

Quem só vê fama e sucesso, se esqueceu das coisas do espírito, se esqueceu de orar ao Papai do Céu, lhe agradecendo por tudo o que já tem, e dizendo que já é mais do que feliz em poder fazer história no palco da vida, e dizer ainda que não poderia nunca estrear peça melhor!

Quem só vê a beleza padrão condicionada pelos homens, desaprendeu a enxergar as coisas belas na vida. Se esqueceu de como é lindo apreciar um pôr de sol, ou de olhar as estrelas quando a coberta escura é estendida no céu.

Quem só sabe brigar encheu o coração de trevas, e por isso só consegue ver maldade em todas as ações das pessoas.

Quem não sabe mais perdoar vira um acumulador: de ódio, de mágoas, de doenças...

Quem se esqueceu de amar a si mesmo se perdeu, se deixou levar pela vaidade, e por tudo o que as pessoas pensam, vivendo assim não mais sua vida, mas a de todo mundo, com medo de ser criticado.

Quem se esqueceu da luz, esqueceu sua essência real, e já não compreende mais a verdade que há por dentro do espírito; já não sabe mais quem é; já não conhece mais todos seus dons.

Quem chora na aurora do despertar sabe que o amor é imperecível, indestrutível, doce e incólume, pois é sempre ele que está presente quando abrimos os olhos da alma. E se você já permitiu que o amor lhe tocasse, sabe do que estou falando..

E acima de tudo, quem enxerga a luz não vê mais distinções em nada; vê tudo como uma só verdade, uma só religião e um só governo, pois a luz é pura, e quem a peneira, é só o homem..

Que com estas linhas, você possa voltar a se olhar de verdade com os olhos de Deus, e que ao mesmo tempo, você veja a todos da mesma forma. Lembre-se sempre de que os sentimentos mais baixos são aqueles que nos fazem exaltar perante aos outros, e o amor é aquele que, humildemente nos faz calar e só saber sorrir, pois não dá pra dizer mais nada quando o amor entra no jogo da vida..

E o amor está aqui agora, por isso, só sei sorrir e escrever aquilo que meu coração me conta em espírito e verdade, e então, é só ele que me leva..

Que o amor impresso nestas palavras possa chegar ao teu coração, e fazê-lo despertar também, para que possamos compartilhá-lo juntos, em essência.

Fique com a paz.


0 comentários: