O tabu da Morte

04:13 Sinônimo de Outono 0 Comentários


Muito pouco se fala sobre a morte, que é, infelizmente, ainda um assunto tão tabu.

A morte é tão natural quanto a própria vida, tão intrínseca quando o nosso respirar, tão importante quando o nascimento.

Você já viu animais se importando com a morte? Bom, eu não. Eles a respeitam. Eles não vivem com medo dela, pois eles sabem que a morte faz parte deles.

Deixa saudade? Claro que deixa. Ninguém gosta de perder alguém que ama. Isso seria masoquismo. Mas a falta? A falta é um sentimento humano.

Um sentimento que foi criado pela falsa noção que temos de que as coisas pertencem a nós, e não à natureza, não à Deus ou ao universo.

Por isso sofremos tanto quando alguém morre, mesmo sendo um evento tão natural. Simplesmente não estamos preparados pra desgarrar de nosso ego, da nossa necessidade de controlar as pessoas e a vida, pois se estivéssemos, faríamos como os animais, e aceitaríamos a morte como ela é: parte da vida.

E não pense você que só porque estou escrevendo esse texto significa que sou um expert em aceitar a morte. Ninguém próximo a mim se foi pra que eu pudesse experimentar a sensação, mas de verdade? Eu nunca consegui sentir todo esse peso que colocam na morte (e juro que tentei)..

Uma vez ouvi uma frase assim: “você chora por quem se foi, ou somente por sua perda?”.

Será que de verdade, não estamos nos apegando demais ao nosso “falso controle”, e permitindo que isso nos cause um sofrimento enorme com algo que deveria ser mais leve e natural?

A morte deveria ser motivo de comemoração (assim como é em alguns países), e não tristeza.

A morte é apenas mais um encerramento de um ciclo, assim como tantos outros. Ninguém chora porque saiu de um emprego porque foi pra um outro melhor. Ninguém fica muito tempo triste com o término de um relacionamento que causou a chegada de um novo..

Vê? Tudo na vida é contínuo, e por mais que no começo pareça difícil, confuso, pesado e triste, com o tempo – se permitirmos -, vamos percebendo que nada tem fim, e que tudo continua..
*  *  *
Mantenha o fluxo desse energia, compartilhe!
Página do Face | Palestras e vídeos | E-mail: sinonimodeoutono@outlook.com 

Você pode gostar também

0 comentários: